Nosso Banner




Mais banners e buttons

Parceiros

Pokémon Mythology RPG
Redes Sociais
Os membros mais ativos do mês
Kenway
 
Kuzan
 


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Foto

[Ficha] Kuroh Yatogami

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Em Curso em Ter 21 Abr 2015 - 1:42 1

Kuroh

avatar
Membro Nível 0

Ficha de Personagem

Dados Pessoais

Nome: Kuroh "Sinbad" Yatogami
Raça/sub-Raça: Humano / Normal
Classe: Civil
Idade: Desconhecida
Altura: 1,65 metros
Peso: 57 Kg
Sexo: Masculino
Mão Hábil: Ambidestro
Plano de Origem: Desconhecida
Localização: Malkiham Island - North Blue

Level & Biografia

Foto:
Spoiler:


História:
Kuroh nasceu para ser um escravo, seu “pai” era um homem que comercializava escravos e aproveitava o prazer que tinha nas relações sexuais para fazer crianças que seriam, futuramente, vendidas, sem nem mesmo importar-se com o futuro das mesmas ou de suas mães, importando-se apenas com a quantia de dinheiro que ganharia ao vender as crianças e o prazer que teria ao ter relações forçadas com as mulheres, um homem, de fato, repugnante.

Felizmente Kuroh não era um filho direto desse homem e sim de seu irmão mais novo, Alyr era muitas vezes mais generoso e bondoso do que seu irmão, prestava auxilio as mulheres que tinham seus filhos arrancados delas e tinha repudio das ações e pensamentos de seu irmão mais velho, odiava o mesmo com tanta intensidade que não seria difícil de imaginar ele o matando, mas, por diversos motivos, incluindo uma promessa para sua mãe, nunca o fez.

Kaiser, por outro lado, matou seu irmão ao saber que este havia tido relações com sua mais nova escrava e jurava ter sido por amor, uma mulher de cabelos rosados e de aparência bela. Muitos podem acreditar que foi para preservar a honra da família, outros por seu irmão ter o traído, mas, o fato era que Kaiser estava ludibriado por aquela beleza única, encantado e maravilhado, queria a fazer somente sua e de mais ninguém, e foi por isso que matou seu irmão.

Felizmente a relação de uma única noite foi o suficiente para que a mesma engravidasse, e de alguma forma, após seduzir Kaiser e o fazer acreditar que tinham, de fato, tido relações sexuais, enganou o mesmo, dizendo que Kuroh era seu filho, a partir desse momento, teve uma desculpa para não ter nenhuma relação com o homem enquanto lamentava a morte de seu amado e planejava uma forma de escapar.

Mas, os meses iam se passado aos poucos, a segurança ao seu redor era alta, Kaiser não queria que nenhum homem “de verdade”, tendo em vista que seus guardas eram escravos castrados, se aproximasse da mulher, mediante isso ela acreditou que seria incapaz de escapar e infelicidade de acreditar nisso estava cada vez mais estampada em seu rosto, era evidente que não se sentia bem tendo de estar ao lado daquele homem.

Foi quando teve de acompanhar Kaiser em uma viagem para outra cidade, o mesmo queria comprar terras de um determinado homem, dono de diversas ilhas, provavelmente um pirata, e com a permissão deste, foi lhe ver. Surpreenderam-se ambos ao ver o quão jovem o mesmo era, em torno de seus vinte anos, além disso, carregava consigo o que a mulher descreveu como um caloroso sorriso.

O mesmo os analisou de cima a baixo quando encontraram-se, era como se tivesse os olhos do julgamento, tanto Kaiser quanto ela se sentiram arrepiados ao serem analisados, e então, após algum tempo, os chamou para conversar a sós, para que pudessem tratar dos negócios que estavam planejando, e, sem hesitar ou se importar, Kaiser aceitou, talvez aquele tenha sido o maior erro de toda a sua vida.

“Bem, você pode conseguir suas terras, mas, tem um porém...” Disse o homem, Simbad, deixando Kaiser surpreso, “eu fico com esta mulher e você ganha três ilhas, duas vezes maiores do que está em que nos encontramos.” Complementou com um sorriso do rosto, por um momento Kaiser se enfureceu, como já dito, esta ludibriado pela jovem, completamente apaixonado.

Simbad percebeu isso e, mais uma vez, falou. “Você tem duas escolhas simples, sair desse lugar com sua vida e a posse de três ilhas, ou morrer aqui e deixar a mulher e as ilhas.” Isso fora o suficiente para que Kaiser assentisse e, a contragosto, a abandonasse naquele lugar, deixando-a nas mãos de Simbad, pessoa está que, por um momento, foi considerada maligna e cruel aos olhos dela, mas, mais tarde, mostrou-se realmente gentil.

O homem de cabelos azuis protegia aqueles que viviam nas ilhas sobre seu comando, tanto é que ele e seus homens, alguns dias mais tarde, invadiram as terras de Kaiser, recuperaram a posse das ilhas, libertaram os escravos, tomaram o controle daquela ilha, que pertencia a Kaiser, resultando na morte do mesmo pelo próprio líder do bando. Isso deixou claro para ela que ele era um homem gentil e confiável.

“Eu não sei pelo que você passou, muito menos os problemas que teve no decorrer de sua vida, mas, todos aqui sofremos, todos tivemos problemas e adversidades em nossos caminhos, mas, deixamos isso para trás e agora vivemos uma nova vida. Você fara o mesmo, a partir de hoje ira abandonar seu antigo nome, a partir de hoje você será Nana, membro de minha tripulação.” Proclamou enquanto estava a sós com o mesmo, ela não podia negar que estava feliz, aquele era seu primeiro nome, tendo em vista que passara sua vida inteira como escrava.

Nana a partir daquele momento, viajou com Simbad e seus companheiros, totalizando nove membros na tripulação, dividiu sua história com estes e conheceu a história deles. Envolveu-se com Sinbad amorosamente, após Kuroh nascer, o considerava gentil e carinhoso, além disso, lembrava um pouco Alyr, que era uma pessoa que sempre respeitou, e não deixou de amar o mesmo, mas, seguiu em frente, deixando que seus sentimentos não se prendessem a este, Alyr sempre lhe disse para ser livre, e para ser livre tinha de escutar seu coração e ele dizia que queria estar com Sinbad.

Agora, enfim, nos encontramos na história de Kuroh. Ignorando seus primeiros cinco anos de vida, onde ele aprendeu o básico do uso de uma Naginata, além disso, ajudou a limpar o convés algumas vezes, o tornando mais resistente conforme o tempo passava, voltando ao ponto principal, aos cinco anos o navio foi pego por uma forte tempestade, Kuroh era teimoso naquela época e não escutou Sinbad, ele dizia para ele não sair para o convés, mas, o jovem queria ver a tempestade em sua plenitude, em toda sua fúria e isso acabou resultando, infelizmente, nele ser arrastado para o mar pela mesma e, por causa das ondas, levado para longe do navio.

Isso resultou em uma perda de memorias e então, ao se encontrar em uma ilha desconhecida, Kuroh foi vendido como um escravo, tendo de realizar diversos serviços, desde lavar casas a mineras em minas de carvão. Sendo tratado como lixo, e então desconhecendo eu passado, repleto de felicidade ao lado de Sinbad e Nana, e odiando todos aqueles a sua volta, Kuroh desenvolveu uma aura assassina única, que, de início, afastava todos aqueles a seu redor.

Durante um longo período de tempo ele permaneceu assim, como um escravo, roubava nas feiras da cidade para sobreviver, matava qualquer um que se aproximasse demais, era uma vida de merda, vivida por uma pessoa de merda, como o próprio Kuroh afirmava. Felizmente, essa sua vida teve um fim em um determinado momento, quando ele, por um simples acaso, conheceu sua “salvadora”.

Morisaki Jun, pesquisadora, cientista e arqueóloga, havia parado na ilha apenas para se reabastecer de suprimentos junto de seus colegas e por um simples acaso, encontrou-se com Kuroh enquanto o mesmo se envolvia em uma briga com um dos vendedores das feiras, por diversos motivos o jovem não revidou nenhum dos ataques feitos a ele, ele matava qualquer um que se aproximasse com más intenções, de fato, mas, por muito tempo ele roubou daquelas pessoas, elas estavam fazendo o mesmo que ele e, mediante isso, ele acreditava que não tinha o direito de revidar.

Felizmente, Jun o salvou, após afastar o homem e curar dos ferimentos do jovem, disse que para pagar sua dívida ele iria a guiar pela feira, lhe indicando os melhores lugares para comprar e depois, seguiria viajem com ela e seus companheiros, graças a isso, sua vida teve uma melhora considerável, e o que ele havia esquecido, como ler e escrever, lhe foi ensinado novamente, também lhe foi atribuído um novo nome, temporariamente, Enryu.

Bem, pulando diversos acontecimentos e um período de três anos da vida de Kuroh, vamos começar o desfecho. O mesmo se deu quando Jun e o jovem se encontraram, acidentalmente, com o bando de Sinbad. E como se fosse o disparo de uma arma, em um misero instante, o jovem lembrou-se completamente de suas origens e de quem era, recuperando assim suas memorias.

Resumindo os eventos que se seguiram, Sinbad o pegou de volta, a força, forçando Jun e os demais a partir, mesmo a contragosto da mulher, e então tomou Kuroh como seu filho oficialmente, lhe dando a notícia de que sua mãe havia morrido, não apenas isso, como também disse que ele só tinha permissão para abandonar o navio quando ele fosse capaz de o vencer, provando assim que era capaz de se defender.

Daquele momento em diante ele se esforçou com apenas um único objetivo em mente, ser capaz de derrotar Sinbad, abandonando seus ensinamentos sobre uma Naginata que o mais velho havia lhe ensinado, pois estava ciente de que não seria capaz de o derrotar nisso, tratou de aprender um estilo de luta que combinasse mais com ele, com a experiência que seu corpo havia adquirido nos anos que viveu como escravo.

Graças a isso ele se tornou cada vez mais capaz, tornava-se mais forte e mais ágil conforme o tempo passava, levando seu treinamento ao extremo e evoluindo rapidamente, ele estava sempre focado em se tornar mais e mais forte para que pudesse vencer Sindbad, por mais que tivesse recuperado suas memorias, o que sentia por Jun permaneceria com ele até o dia de sua morte.

Bem, acelerando a história, o confronto final entre Kuroh que se especializou no combate com armas de fogo e Sindbad que era excelente no uso de uma Naginata, nunca ocorreu. Em um fatídico dia que parecia ser comum aqueles sonhos e esperanças foram mandados para o fundo do poço... Sindbad havia se tornado um Shichibukai, e mesmo assim, mesmo com esse título, foi atacado pela marinha pois, segundo eles, representava uma ameaça.

Para proteger seus amigos, as pessoas que amava e confiava, Sinbad lutou sozinho contra um Almirante e seus soldados, o resultado era mais do que obvio para todos, e enquanto seguiam as últimas ordens de seu capitão, este, em seus momentos finais, entalhou na mente de todos as suas últimas palavras, “Nós somos os filhos do mar, mesmo que você mate um, milhares de outros irão se levantar!”, e as palavras escritas com chamas no céu então apagaram-se quando, por fim, a vida do homem extinguiu-se, fazendo com que a fruta que comera, anos antes, nascesse em outro lugar.

Os momentos seguintes da vida de Kuroh foram calmos, ao abandonar seus demais companheiros ele buscou por Jun, afinal, eles tinham de se separar, nenhum deles estava apto a ser o capitão... E então, em meio de tantas andanças, em meio de suas buscas, de alguma forma, acabou parando no North Blue após saber da repentina morte da pesquisadora, “Uma vida de merda, vivida por uma pessoa de merda.” Repetiu, diversas vezes, para si mesmo naqueles momentos.

Felizmente estava ciente de que não devia viver do passado, talvez tivesse facilidade demais para não se prender a este, ou talvez simplesmente não fosse alguém capaz o suficiente para se importar com sentimentos e emoções... Resumidamente, Kuroh superou seus problemas com tanta facilidade que era de fato, incrível, seguindo em frente, buscando por novas metas e objetivos, em um mundo vazio e cinza, mundo este no qual ele perdeu, praticamente, tudo.

Personalidade: Kuroh é um pouco reservado, nunca compartilhando sua história que acabou de conhecer, além disso, dificilmente confia nas pessoas ao seu redor, geralmente para o fazer demora algum tempo. Apesar disso está sempre sorrindo para todos, como se nunca estivesse preocupado com nada, tendo sempre uma atitude relaxada de uma pessoa que prefere passar seus dias fazendo nada, o que não demonstra, nenhum pouco, como ele realmente é. No fundo ele, mais do que muito, se esforça e treina todos os dias para se tornar mais forte, mesmo não tendo nenhum sonho ou objetivo a cada dia que passa ele, que afirma já ter perdido seus sonhos a muito tempo, dá o seu melhor para encontrar algo que o faça mudar de opinião.

Por causa disso ele gosta de descobrir coisas novas, lugares novos e conhecer pessoas novas, pode-se dizer, de certa forma, que seu atual objetivo é conhecer o vasto mundo que se estende ao seu redor, seja como marinheiro, pirata, caçador de recompensas ou qualquer outra coisa, Kuroh não tem um senso de justiça enorme, muito menos se importa com a liberdade, além disso, pouco se importa com os piratas, para ele o que importa é o que o mundo tem a oferecer e o que ele pode descobrir ao viajar para diversos lugares e os conhecer a fundo.

Apesar de tudo isso é evidente que ele sente falta dos antigos tempos, a tal ponto de ter adotado o nome de Sinbad e ainda acreditar em suas últimas palavras, porque, para Kuroh, mais do que para qualquer um que as conheça, aquelas palavras significam muito e carregam toda a determinação, coragem e força que Sinbad teve. Um fator peculiar da personalidade de Kuroh, que talvez ele tenha desenvolvido pela influencia do seu antigo capitão, é o fato de que esta constantemente flertando com mulheres bonitas, não apenas isso, até mesmo no meio de uma luta ele pode arrumar espaço para as elogiar e flertar, apesar de tudo isso, não sabe dizer ao certo se tem um verdadeiro interesse pelas mesmas ou se é uma simples mania, tendo em vista que nunca parou para pensar no assunto - para ele a únicas mulheres especiais em sua vida são Jun e sua mãe, Nana. - Além disso, segundo o próprio jovem, flertar com as mulheres é um passatempo divertido.

Aparência: Kuroh tem longos cabelos cinzas, puxados para um tom azulado, seus olhos são em um tom azul marinho,e suas sobrancelhas, por sua vez, são vermelhas, apesar de seus cabelos serem de tom natural, o que é consideravelmente, estranho. Tendo uma estatura normal e não possuindo muito músculos a sua aparência, natural, não lhe da tanto destaque, apesar disso fez tatuagens de escamas em uma parte de seu tórax e em algumas partes dos braços, as mesmas parecem brilhas quando atingidas pelo sol. Não se importa muito com o que veste, mas, é costumeiro estar com um robe de tom azulado, que até parece ser sua unica roupa, e uma faixa ao redor de sua cintura, também azul, além disso usa alguns outros acessórios, mas, nada muito chamativo
.
Atributos Primários


(For)-Força: 2
(Dex)-Destreza: 3
(Agi)-Agilidade: 0
(Vgr)-Vigor: 3
(Con)-Constituição: 2
(Per)-Percepção: 0
(Int)-Inteligência: 0
(Esp)-Espirito: 0
(Sor)-Sorte: 0
(Log)-Lógica: 0
(Pes)-Persuadir: 3
(Car)-Carisma: 0
(Frv)-Força de Vontade: 2

Cor do Pv e Ps: Verde

Profissão



Nome da Profissão: Engenhoqueiro
Descrição: São os construtores de barco.


Pericias da Profissão



Pericia: Mira
Descrição: Consegue mirar mais longe.
Pericia: Engenharia
Descrição: Permite que crie coisas, como barcos e armas.

Vantagem & Desvantagens



Vantagens


Bons Sentidos: • (-5 Pontos)
Com sentidos tão aguçados, você devia estar ajudando a marinha a capturar bandidos ao invés de ficar só pensando em besteira! Seus olhos, nariz, boca, e orelhas tem censores mais sensíveis do que uma pessoa normal, te capacitando sentir seja lá o que for a metros de distância, o que acaba surpreendendo algumas pessoas.
- Visão: Acrescenta 10% em Acerto/Mira.
- Audição: Acrescenta 10% em Esquiva/Evasão.
- Tato: Consegue saber qual objeto toca apenas o sentindo.


Ambidestria: • (-2 Pontos)
Enquanto uns tem maestria com somente uma mão para fazer certas coisas, você, seu filho da mãe, sabe usar as duas mãos pra qualquer coisa.
- Players sem essa vantagem tem seu Acerto/Mira reduzida em 50% e Dano/Ataque reduzida em 25% ao realizar ações com sua mão não hábil.

Líder Nato: • (-4 Pontos)
Por alguma razão, você tem a habilidade de comandar. Mesmo sem ter muita lábia e pouco charme, você consegue montar um grupo que te segue fielmente por mais que você não esteja indo pelo caminho certo. Essas pessoas que estão com você a tempo o suficiente para te chamar de 'chefe' o tempo todo confiam em você e por isso te obedecem sem pestanejar.
- Acrescenta 40% em Manipular/Enganar.

Ultra Sexy: • (-4 Pontos)
O personagem conseguiu o que muitas pessoas vaidosas buscam a vida inteira: um corpo perfeitamente sensual, capaz de fazer qualquer ser do sexo oposto - e até do mesmo sexo - ficarem embasbacados com tamanha beleza no corpo de uma pessoa só.
- Acrescenta 50% em Manipular/Enganar, caso o oponente seja do sexo oposto e 25% caso seja do mesmo sexo.

Desvantagens


• Código de Honra: • (+1 Ponto)
- Código da Lealdade:
Você nunca deixa seus amigos ou qualquer pessoa que você jurou lealdade na mão. Mesmo que 2 gangues inteiras cerquem vocês, você não abandona seu amigo e ou vocês enfrentam as duas gangues ou vocês dão um jeito de fugir.


Intolerância: • (+2 Pontos)
Existe algo que você não tolera, seja uma situação (ver alguém batendo numa mulher, reprimir-lhe apontando o dedo indicador, garotos pichando as paredes, fumantes), um animal, ou alguma coisa. Toda vez que ver a situação que você não tolera, você deverá parar o que está fazendo para impedi-la. Deve especificar na descrição dessa desvantagem qual é sua intolerância.
- Kuroh não suporta ver qualquer tipo de escravidão, isso é, pessoas serem forçadas a realizar um determinado serviço porque foram compradas, apesar disso, se for por vontade das mesmas, ele não tem nada contra.

• Sádico em Combate: • (+2 Ponto)
Nunca quer matar seus oponentes rapidamente, pois adora ver a dor prolongada nos olhos deles. O personagem deverá fazer de tudo para prolongar a luta entre ele e seu adversário, se possível até deixando de agir para que o adversário ataque.
- Sempre torturará seu oponente ao máximo, ver sua dor e um prazer para seu personagem.

Curiosidade: • (+2 Pontos)
Você é naturalmente curioso e isso já te causou alguns problemas na sua vida. Você nunca irá perguntar a seus amigos se é uma boa ideia abrir uma caixa, você simplesmente vai e abre. As vezes você pode tentar "superar" a curiosidade. Quando for tentar o mestre irá testar sua força de vontade e depois dirá se você conseguiu ou não. Mas atenção, se você tentar evitar a curiosidade frequentemente, você não estará fazendo uma boa interpretação e perderá nota nas avaliações das ilhas.

Grande Falso Conquistador(a): • (+2 Pontos)
O possuidor dessa desvantagem, seja homem ou mulher, nunca irá deixar uma pessoa do sexo oposto passar sem olhar daquele jeito malicioso ou tentar passar uma cantada. É como se ele sentisse uma vontade que não pudesse ser curada em tentar conquistar pessoas do sexo oposto. É basicamente a desvantagem dos tarados.

Isca Viva: • (+2 Pontos)
Os animais reconhecem o personagem como uma ameaça ou até mesmo como um banquete, fugindo quando o sentem sua aproximação ou atacando-o sem motivo. Torna-se uma verdadeira isca viva para reis dos mares, o que pode ser perigoso pra você e seu bando.

Fraco para bebidas: • (+4 Pontos)
+2 pontos se seu personagem ficar bêbado facilmente, com alguns poucos copos de bebida. +4 se só no primeiro gole ele já perder totalmente o controle e após alguns segundos ou minutos, já cai inconsciente.

Estilo de Combate


Tipo: Atirador
Descrição: São guerreiros especializados em combate de média e longa distância. Utilizam Bumerangues, Estilingues, Revolveres, Escopetas e Rifles.

Ver perfil do usuário http://somosmugiwara.forumeiros.com/
Em Curso em Ter 21 Abr 2015 - 8:13 2

Blake

avatar
Membro Nível 20
[aviso=Ficha em Construção]* Sua ficha está correta, estamos construindo a aceita.
*Quando eu terminar, aviso por este tópico.[/aviso]

Ver perfil do usuário http://somosmugiwara.forumeiros.com/t1287-ficha-aceita-de-blake-belladonna?highlight=Ficha+de+Blake+Belladonna

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Compartilhe este Tópico!

Url Direta
BBcode
HTML
  • Forumeiros.com | © PunBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Criar um fórum