Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Membro Fundador
Fundador
Almirante
Santos Manchester City Dead Island Bando do Barba Negra
Ranking Geral: 1° Lugar Ranking PvP: 1° Lugar Ranking Stats: 1° Lugar Ranking Grupos: 1° Lugar
Brasil Google Chrome Masculino
Alcunha : Soco Vermelho
Reputação : 75
Cash : 5784
Data de inscrição : 02/07/2012
Mensagens : 3796
Idade : 25
Aproveitador
100 %
Em Curso
em Qui 12 Jul - 12:32
Ver perfil do usuáriohttp://www.somosmugiwara.comhttp://www.somosmugiwara.com/

Aventura Inicial de Ryouta Kurotsuchi



[quadrado]
Nome: Aventura Inicial de Ryouta Kurotsuchi
Participante(s):
Ryouta Kurotsuchi

Link da(s) Ficha(s) do(s) Participante(s):
http://somosmugiwara.forumeiros.com/t2643-fichagabrielmolina#13163

Mar & Ilha: Ilhas Amanhecer | East Blue
Possui Barco? Se sim, o descreva:
Não possuo.

Link da última Aventura/Coliseum: Não possui
[/quadrado]

Aqui ocorrerá a Aventura do Civil Ryouta Kurotsuchi, ainda sem Narrador Definido.

avatar
Membro Fundador
Fundador
Almirante
Santos Manchester City Dead Island Bando do Barba Negra
Ranking Geral: 1° Lugar Ranking PvP: 1° Lugar Ranking Stats: 1° Lugar Ranking Grupos: 1° Lugar
Brasil Google Chrome Masculino
Alcunha : Soco Vermelho
Reputação : 75
Cash : 5784
Data de inscrição : 02/07/2012
Mensagens : 3796
Idade : 25
Aproveitador
100 %
Em Curso
em Qui 12 Jul - 14:57
Ver perfil do usuáriohttp://www.somosmugiwara.comhttp://www.somosmugiwara.com/

Aventura Inicial


[quadrado=Regras Gerais]* O narrador leva em conta a ficha do player e a sua narração.
* Temos dois diferentes momentos em batalhas, sendo eles:
1- Movimento de Ataque (Player Atacante)
2- Movimento de Defesa e de Ataque (Player Defensor)
3- Movimento de Defesa e Ataque (Player Atacante)
4- Assim segue.

* Lembre-se, todas as suas ações são realizadas por testes de atributos. A dificuldade do teste vai ser analisada pelo narrador.

Quanto a aventura inicial, ela funciona da seguinte forma:

O player no fim da aventura vai upar para o level 2 e pode adquirir alguma akuma no mi ou meitou. Também entrará no grupo ao qual deseja seguir.
Esta aventura tem por base a história do player, servindo como fundo narrativo para o narrador.[/quadrado]

Narração - Post 01


[vermelho]O dia amanhece nublado nas ilhas amanhecer, uma brisa fria ronda o ar e faz até os mais acostumados com o frio tremerem. As rua encontram-se desertas, todos os cidadãos estão em suas casas, mas ainda assim existem aqueles que não temem nada, estes que levantam cedo e fazem o que têm que fazer. Dentre estas pessoas está um jovem rapaz que almeja o seu futuro na pirataria, conhecido por suas bagunças no vilarejo. O mesmo encontra-se dentro de uma velha cabana perto de uma grande floresta, uma floresta be bonita por sinal, parece combinar com o clima nublado. Ainda com o frio de tremer urso polar, as aves voam no céu e os pássaros cantam à vontade, e dentro deste contexto o jovem aprendiz de pirata acorda.
A cidade se encontra meio longe desta barraca, nela existe uma feira central cheio de frutas e peixes sendo vendidos, ao norte se encontra um bairro de moradores, um hotel de luxo e um bar de tamanho médio. Ao sul existe um pequeno porto, oriundo da atividade pesqueira do local. Dos lados encontram-se florestas a se perder de vista. Qual será o primeiro movimento do jovem?[/vermelho]

Ps: Faz tempo que não narro, mas aqui dou algumas dicas:
tente interagir com o ambiente em que se encontra e lembre-se das necessidades do seu personagem, não descrevi a cabana que você se encontra, mas nela existe uma cama e ao lado uma pequena cômoda, ainda existe uma pequena mesa e um forno a lenha. Primeiramente, use flash backs para descrever como veio parar nesta cabana e de como surgiu esta sua vontade de ser pirata. No mais, demonstre emoções de seu personagem e defina objetivos, tente evitar grandes objetivos.
avatar
Membro Nível 1
Membro
Civil
Sem Time Nacional Sem Time Internacional Sem Game Preferido Sem Bando Preferido
Ranking Geral: Não Ranqueado Ranking PvP: Não Ranqueado Ranking Stats: Não Ranqueado Ranking Grupos: Não Ranqueado
Brasil Google Chrome Masculino
Reputação : 0
Cash : 164
Data de inscrição : 26/05/2018
Mensagens : 19
Idade : 20
Sem Emoção
100 %
Em Curso
em Qui 12 Jul - 16:47
Ver perfil do usuáriohttp://somosmugiwara.forumeiros.com/
Em uma grande ilha no east blue, 17 anos atrás, em um dia tempestuoso, piratas apareciam e começavam a andar pela vila até um bar, ao chegar no local eles logo sentavam.
-Eu e minha tripulação gostariamos de sake. Alguns minutos se passavam e o sake era entregue aos piratas, logo depois de alguns segundos uma mulher aparecia dizendo estar gravida daquele pirata o mesmo logo pegava a mulher e a levava para uma barraca que lá tinha aonde ela poderia ter o bêbê algum tempo se passava e o seu filho nascia. -Finalmente depois de anos em alto mar finalmente podemos parar.
A mulher dizia para o pirata para eles pararem de ser piratas e começarem a viver em paz mas aquele homem não aceitava.
-Nunca, não importa se tenhamos um filho, nunca deixarei de ser um pirata.
O homem mesmo tendo um filho, mesmo tendo um motivo para ficar na vila, continuaria sendo um pirata, a mulher logo colocava seu filho em uma cama e então pegava uma faca que lá tinha e então levantava ainda com muita dor e fraca
-S..se não quer deixar de ser um pirata terei que te matar.
A pirata e mãe logo atacava o homem, que reagia mesmo sendo pai a atacando também, mas quando os dois iriam se encontrar para um acertar o outro pessoas da vila apareciam e afastavam eles e ao mesmo tempo começavam a empurrar os dois para fora da barraca e deixando o pequeno garoto na cama do lugar sozinho, e algum tempo se passava e os dois piratas e seu bando eram expulsos daquele vilarejo e então os mesmos vão embora, então no mesmo barco com sua tripulação sem poder o que fazer a mulher logo gritava.
-Meu Ryouta não posso deixa-lo ele é meu filho.
O capitão daquele bando logo pegava a mulher e a trancava em uma sala para ficar quieta.
-Não nasci para ser pai, mas sim ser o rei dos piratas e nada vai me impedir Algumas horas se passavam e encontravam o pequeno menino sem roupas e com fome naquela pequena barraca alguns queriam cuidar do mesmo mas alguns deixar ele lá por ser filho de piratas mesmo assim uma mulher que também tinha tido um filho a pouco tempo pega o garoto e começa a cuidar dele, e então anos se passam e aquele pequeno bêbê cresce e completa 7 anos de idade e no mesmo dia o garoto vai pra seu lugar preferido o porto o mesmo ao chegar lá se depara com novos piratas que aviam aparecido naquela ilha e os mesmos não eram como seus pais mas sim, piratas bons mas mesmo sendo piratas bonzinhos o garoto os atacava mas nada pôde fazer pois foi parado pelo capitão que olhava para o garoto com uma cara amendrontadora, mesmo paracendo do mal ele pegava o pequeno Ryouta e o colocava em suas costas e o levava para o bar, o menino não entendia nada e começava a gritar para os cidadões.
-Não precisam me salvar eu vou conseguir ganhar dele.
As pessoas da cidade olhavam para aquela cena e começavam a rir parecia que conheciam o pirata que lá estava, todos do bando entravam no bar e se sentavam, o capitão dos piratas logo colocava o menino em uma cadeira também -Ei senhorita traga sake para todos os meus tripulantes e leite pra esse garoto. Algum tempo se passava o pequeno Ryouta não entendia nada, mas mesmo assim aceitava o leite e perguntava para o pirata
-Senhor por que é um pirata? Se não é mau? O pirata então logo bebe um pouco de sake e olha para Ryouta e começa a falar
-Sabe garoto neste mundo existem pessoas más e pessoas boas, como também piratas com sonhos e piratas que só querem grana Aquele pirata sem motivo algum coloca sua mão na cabeça do garoto e fala mais um pouco -Você é ainda muito criança para entender mas mesmo assim irei te contar uma historia. O homem olha para o pequeno Ryouta e começa a contar uma historia sobre um homem que avia conquistado tudo neste mundo, ele começava a falar sobre o rei dos piratas. -Como eu disse antes existem piratas com sonhos e eu sou um deles, serei o rei dos piratas garoto. Ryouta olha então para o pirata e da um sorriso. -O rei dos piratas, legal eu também quero ser issoTodos que lá estavam então começam a rir dele - hahaha o rei né, entendo se é isso que você quer então seremos rivaisO capitão logo fecha sua mão e aproxima a mesma para perto de Ryouta. O mesmo da um soquinho na mão do pirata e sorri. -Eu vou vencer hehe E então 3 anos se se passam e chegava a hora daquele pirata partir mas antes o mesmo dava um oculos e uma touca para o menino para nunca se esquecer dele e logo depois partia - Nós vamos nos encontrar denovo e eu vou vencer vocêE então mais 5 anos se passavam com ele treinando todos os dias para superar aquele pirata, em um certo dia ele iria para seu lugar preferido do vilarejo logo quando chegava ele respirava fundo e gritava bem alto
-Escutem todos desta vila chata, eu serei o rei dos piratasMais 1 ano se passava e então o mesmo acordava em sua barraca e levantava e sem pensar duas vezes pegava sua roupa e extremamente animado corria para o vilarejo bagunçar com todos lá.
avatar
Membro Fundador
Fundador
Almirante
Santos Manchester City Dead Island Bando do Barba Negra
Ranking Geral: 1° Lugar Ranking PvP: 1° Lugar Ranking Stats: 1° Lugar Ranking Grupos: 1° Lugar
Brasil Google Chrome Masculino
Alcunha : Soco Vermelho
Reputação : 75
Cash : 5784
Data de inscrição : 02/07/2012
Mensagens : 3796
Idade : 25
Aproveitador
100 %
Em Curso
em Sex 13 Jul - 11:43
Ver perfil do usuáriohttp://www.somosmugiwara.comhttp://www.somosmugiwara.com/
@Gabrielmolina

[aviso=Dicas]* Divida o flashback, está tudo confuso no seu post.
* Lhe dou a dica de usar o flashback como o motivo de você acordar ou ficar pensando nisso ao acordar etc.
* Quanto a narração do seu personagem, ficou muito vago. Basicamente não houve interação com o cenário ou clima, use o flashback para demonstrar os sentimentos do seu personagem.
* Por fim, tente organizar melhor, coloque o flashback em itálico, pule uma linha para dividir melhor, etc. Reposte novamente com as correções.[/aviso]
avatar
Membro Nível 1
Membro
Civil
Sem Time Nacional Sem Time Internacional Sem Game Preferido Sem Bando Preferido
Ranking Geral: Não Ranqueado Ranking PvP: Não Ranqueado Ranking Stats: Não Ranqueado Ranking Grupos: Não Ranqueado
Brasil Google Chrome Masculino
Reputação : 0
Cash : 164
Data de inscrição : 26/05/2018
Mensagens : 19
Idade : 20
Sem Emoção
100 %
Em Curso
em Sex 13 Jul - 13:58
Ver perfil do usuáriohttp://somosmugiwara.forumeiros.com/
~~~~17 Anos Atrás~~~~

Em uma grande ilha no east blue, 17 anos atrás, em um dia tempestuoso, piratas apareciam e começavam a andar pela vila até um bar. Ao chegar no local eles logo sentavam e capitão pedia.

-Eu e minha tripulação queremos sake.

Alguns minutos se passavam e o sake era entregue a todos os piratas, logo depois de alguns segundos uma mulher aparecia dizendo estar gravida do capitão daquele bando e então mesmo logo pegava a mulher e a levava para uma barraca que lá tinha aonde ela poderia ter o bêbê, e então algum tempo se passava e o seu filho nascia e então o homem entrava na barraca e logo quando ele entrava a mulher dizia.

-Finalmente depois de anos em alto mar finalmente podemos parar.

A mulher dizia para o pirata para eles pararem com a pirataria e começarem a viver em paz, mas aquele homem não aceitava.

-Nunca, não importa se tenhamos um filho, nunca deixarei de ser um pirata.

O homem mesmo tendo um filho, mesmo tendo um motivo para ficar na vila onde ele nasceu continuaria sendo um pirata, a mulher logo colocava seu filho em uma cama e então pegava uma faca que ela tinha e se levantava ainda com muita dor e fraca

-S..se não quer deixar de ser um pirata terei que te matar.

A pirata e mãe logo atacava o homem, que reagia mesmo sendo pai a atacando também, mas quando os dois iriam se encontrar para um acertar o outro pessoas da vila apareciam e afastavam eles e ao mesmo tempo começavam a empurrar os dois ao empurrar a faca que estava na mão da mulher cai no chão e acaba sendo chutada para de baixo da cômoda e então eles são jogados para fora da barraca e acabam deixando o pequeno garoto na cama do lugar sozinho, e algum tempo se passava e os dois piratas e seu bando eram expulsos daquele vilarejo os mesmos então vão embora no mesmo barco com sua tripulação sem poder o que fazer a mulher logo gritava.

-Meu Ryouta não posso deixa-lo ele é meu filho.

O capitão daquele bando logo pegava a mulher e a trancava em uma sala para ficar quieta.

-Não nasci para ser pai, mas sim para saquear outros lugares e nada vai me impedir

Algumas horas se passavam e encontravam o pequeno menino sem roupas e com fome e frio naquela pequena barraca alguns queriam cuidar do mesmo mas alguns deixar ele lá por ser filho de piratas, mesmo assim uma mulher que também tinha tido um filho a pouco tempo pega o garoto e começa a cuidar dele.

~~~~7 Anos Depois~~~~

E então anos se passam e aquele pequeno bêbê cresce e completa 7 anos de idade e no mesmo dia que o garoto completava mais um ano de idade o mesmo muito feliz vai pra seu lugar preferido daquele vilarejo o porto o mesmo ao chegar lá se depara com um barco e novos piratas que aviam aparecido naquela ilha e os mesmos não pareciam como seus pais mas sim piratas bons mas mesmo sendo piratas bonzinhos o garoto os atacava, mas nada pôde fazer pois foi parado pelo capitão que olhava para o garoto com uma cara amendrontadora, mesmo paracendo do mal ele pegava o pequeno Ryouta e o colocava em suas costas e o levava para o bar, o menino não entendia nada e começava a gritar para os cidadões.

-Não precisam me salvar eu vou conseguir me soltar dele.

As pessoas da cidade olhavam para aquela cena e começavam a rir parecia que conheciam o pirata que lá estava, todos do bando entravam no bar e se sentavam, o capitão dos piratas logo colocava o menino em uma cadeira também

-Ei senhorita traga sake para todos os meus tripulantes e leite pra esse garoto.

Algum tempo se passava o pequeno Ryouta não entendia nada, mas mesmo assim aceitava o leite e perguntava para o pirata

-Senhor por que é um pirata? Se não é mau?

O pirata então logo bebe um pouco de sake e olha para Ryouta e começa a falar

-Sabe garoto neste mundo existem pessoas más e pessoas boas, como também piratas com sonhos e piratas que só querem grana

Aquele pirata sem motivo algum coloca sua mão na cabeça do garoto e fala mais um pouco

-Você é ainda muito criança para entender mas mesmo assim irei te contar uma historia.

O homem olha para o pequeno Ryouta e começa a contar uma historia sobre um homem que avia conquistado tudo neste mundo, ele começava a falar a historia do rei dos piratas

-Como eu disse antes existem piratas com sonhos e eu sou um deles, eu serei o rei dos piratas garoto.

Ryouta olha então para o pirata e da um sorriso de alegria parecia ter gostado da historia.

-O rei dos piratas, legal eu também quero ser isso

Todos que lá estavam então começam a rir dele inclusive o capitão do bando pirata

-hahaha o rei né, entendo se é isso que você quer então seremos rivais

O capitão logo fecha sua mão e aproxima a mesma para perto de Ryouta. O mesmo da um soquinho na mão do pirata e sorri.

-Eu vou vencer ser primeiro que você hehe

~~~~3 Anos Depois~~~~

3 anos se passam e chegava a hora daquele pirata bondoso partir mas antes o mesmo dava um oculos e uma touca que ele tinha para o menino para nunca se esquecer dele e logo depois partia

-Nós vamos nos encontrar denovo e eu serei o rei dos piratas

~~~~5 Anos Depois~~~~

5 anos se passavam com ele treinando todos os dias para superar aquele pirata, em um certo dia ele iria para seu lugar preferido do vilarejo o porto logo quando chegava ele respirava fundo e gritava bem alto

-Escutem todos desta vila chata, eu serei o rei dos piratas

Depois dd dizer isso o mesmo então voltava para a floresta que era o lugar que treinava todos os dias todo feliz ele finalmente chegava lá

-Hehe esta quase chegando a hora que eu finalmente vou me encontrar denovo com aquele cara no mar.


~~~~Dias Atuais~~~~

Ryouta finalmente acordava de seu sonho, logo ao levantar ele sentia um extremo frio e então ele tira suas roupas de dormir e pega suas roupas do chão se veste e ao mesmo tempo ele logo diz algo

-Muito bem mundo eu acordei e o dia chegou hehe

Ele então pega uma faca de sua cômoda e também um animal de porte médio que avia matado a pouco tempo

Sou pessimo em cozinhar mais bom nunca tive ninguem pra me ensinar

Ryouta suspirava um pouco e logo percebia que não avia lenha para assar aquele animal

-Droga como sou burro fui caçar e não trouxe lenha

Ryouta então bravo consigo mesmo sai correndo de sua casa e vai para a floresta que lá tinha procurar lenha para assar aquele animal que avia caçado a não muito tempo

-Droga por que eu tinha que ser tão burro assim

Suspirava novamente o garoto correndo para a floresta pegar lenha para assar o animal e também comer
avatar
Membro Fundador
Fundador
Almirante
Santos Manchester City Dead Island Bando do Barba Negra
Ranking Geral: 1° Lugar Ranking PvP: 1° Lugar Ranking Stats: 1° Lugar Ranking Grupos: 1° Lugar
Brasil Google Chrome Masculino
Alcunha : Soco Vermelho
Reputação : 75
Cash : 5784
Data de inscrição : 02/07/2012
Mensagens : 3796
Idade : 25
Aproveitador
100 %
Em Curso
Ontem à(s) 16:31
Ver perfil do usuáriohttp://www.somosmugiwara.comhttp://www.somosmugiwara.com/
@Gabrielmolina

Narração - Post 02


[azul]Ryouta está decidido a assar uma carne que parece estar bem podre, o mesmo parece não ligar para isto e assim sai de casa para buscar lenha.

- Droga por que eu tinha que ser tão burro assim. Diz Ryouta.

Ao sair de casa ele nota que o clima está fechado e parece que vai chover dentro de alguns minutos, ainda assim ele segue em direção ao sul, já com alguns gravetos em mãos, ele segue caminhando e se depara com uma arvore de frutas, bem recheada. Abaixo da árvore está exposta uma pequena bolsa, sem dono algum. Ryouta pode pensar a respeito e chegar a conclusão que algo está acontecendo, uma armadilha? ou alguém perdeu isto? ou até mesmo a pessoa dona desta bolsa está perdida?

- Crack. Som de madeira se quebrando.

O som vem do leste e rapidamente é percebido por Ryouta, parece sons de passos quebrando os gravetos do chão, já é possível deduzir que esta pessoa não é familiarizada a andar na floresta ou a mesma não liga para os sons que faz. O som aproximasse cada vez mais, algo leva a crer que está pessoa está vindo na direção da árvore.[/azul]
avatar
Membro Nível 1
Membro
Civil
Sem Time Nacional Sem Time Internacional Sem Game Preferido Sem Bando Preferido
Ranking Geral: Não Ranqueado Ranking PvP: Não Ranqueado Ranking Stats: Não Ranqueado Ranking Grupos: Não Ranqueado
Brasil Google Chrome Masculino
Reputação : 0
Cash : 164
Data de inscrição : 26/05/2018
Mensagens : 19
Idade : 20
Sem Emoção
100 %
Em Curso
Ontem à(s) 19:49
Ver perfil do usuáriohttp://somosmugiwara.forumeiros.com/
Ryouta saia correndo de sua casa logo que chegou na floresta ao sul conseguia encontrar alguns galhos o mesmo ficava bem feliz e até ficava cantarolando uma musica muito ruim

-Galhos, galhos consegui muitos galhos para

Logo Ryouta parava de cantarolar ao encontrar uma bolsa embaixo de uma arvore cheia de frutas, o mesmo fica tão surpreeso que acaba soltando os galhos e correndo pra pegar a bolsa ao mesmo tempo ele escutava sons de madeira quebrando

-Alguem ta vindo droga

O garoto mesmo sendo errado ele tenta pegar a bolsa e então colocar a mesma em sua boca e tentar subir aquela arvore
avatar
Membro Fundador
Fundador
Almirante
Santos Manchester City Dead Island Bando do Barba Negra
Ranking Geral: 1° Lugar Ranking PvP: 1° Lugar Ranking Stats: 1° Lugar Ranking Grupos: 1° Lugar
Brasil Google Chrome Masculino
Alcunha : Soco Vermelho
Reputação : 75
Cash : 5784
Data de inscrição : 02/07/2012
Mensagens : 3796
Idade : 25
Aproveitador
100 %
Em Curso
Hoje à(s) 20:51
Ver perfil do usuáriohttp://www.somosmugiwara.comhttp://www.somosmugiwara.com/
@Gabrielmolina Tente descrever melhor os seus movimentos e emoções, ficou muito simples. Dei detalhes para você escrever melhor, mas vamos seguir.

Narração - Post 03


[verde]O jovem consegue pegar a bolsa e subir rapidamente na árvore, e agora observa o lugar de onde veio o barulho. Atentamente observa e percebe um velho senhor com algumas frutas em sua mão, ele caminha devagar até a árvore, parece estar em busca de algo, ao aproximasse da árvore, o jovem percebe que ele deve possuir mais de 60 anos, já não possui cabelo e usa uma grande camisola verde claro. Caminha com o auxilio de uma bengala velha, não passa uma situação saudável a aparência deste velho.

- Tinha certeza que tinha deixado minha bolsa aqui, parece que me enganei novamente. Resmunga o velho enquanto procura a sua roupa.
[/verde]

PS: Tente escrever o melhor possível com este meu pequeno post. Será uma interação com um Npc, observe que dei detalhes sobre ele, tente melhorar ao máximo.
avatar
Membro Nível 1
Membro
Civil
Sem Time Nacional Sem Time Internacional Sem Game Preferido Sem Bando Preferido
Ranking Geral: Não Ranqueado Ranking PvP: Não Ranqueado Ranking Stats: Não Ranqueado Ranking Grupos: Não Ranqueado
Brasil Google Chrome Masculino
Reputação : 0
Cash : 164
Data de inscrição : 26/05/2018
Mensagens : 19
Idade : 20
Sem Emoção
100 %
Em Curso
Hoje à(s) 21:28
Ver perfil do usuáriohttp://somosmugiwara.forumeiros.com/
Ryouta conseguia pegar a bolsa e subir na arvore até que bem rapido, logo ao chegar no topo encontrava um velho de aproximadamente 60 anos com maças em sua mão o senhor logo parecia estar procurando algo também como a bolsa que o garoto avia pegado, o menino era bem arteiro mas mesmo assim não gostava de fazer tanta coisa errada principalmente com pessoas dd mais idade.

Não deveria ter pegado a bolsa espero que ele não fique bravo

O garoto então logo pega uma fruta da arvore e tenta descer da arvore ao descer ele tenta  dizer ao senhor com mais idade o que avia acontecido

-Senhor me desculpe eu peguei sua bolsa, é que não consigo ver coisas assim sem ninguem por perto que logo quero pegar hehe

Ryouta ao dizer tais palavras abaixava sua cabeça como forma de desculpa e respeito ao senhor
Conteúdo patrocinado
Em Curso
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum