Nosso Banner




Mais banners e buttons

Parceiros

Pokémon Mythology RPG
Redes Sociais
Os membros mais ativos do mês
Kenway
 
Martell
 
Naruub
 
Awashi Ravenborn
 
primo06
 


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Foto

[Ficha de Personagem] Hizumy

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Finalizado em Sab 11 Jan 2014 - 15:57

Última edição por Adm. Connor em Qua 15 Jan 2014 - 14:10, editado 6 vez(es) (Razão : Vantagens e Desvantagens + explicitas)
1

Hizumy

avatar
Membro Nível 0

Ficha de Personagem

Dados Pessoais

Nome: Mizushiro Hizumy
Raça: Humano
Classe: Civil
Idade: 13
Altura: 149,7 cm
Peso: 39,8 Kg
Sexo: Masculino
Mão Hábil: Direita
Plano de Origem: Reino de Alabasta - Grand Line
Localização: Ohara Island - West Blue

Level & Biografia

Level: 1
Xp: 000/100
Berries: 50.000 Berries
Foto:
Aqui..:


História:  
História:

  Esta é a história de uma pequena criança, um inocente aventureiro. Tudo aconteceu no dia do seu quinto aniversário. Como sempre o dia estava quente e ensolarado em Alabasta. Ansioso, não podia permanecer deitado na sua cama, enrolado sob os mantos de seda com pequenos detalhes em ouro. Era seu aniversário, o dia em que fizera a sua quinta primavera. Apesar do palácio raramente estar bem movimentado e recebendo visitas, no dia de celebração do seu nascimento tudo mudava, àquelas paredes de marfim ganhavam vida e cores. « Bom dia, jovem senhor!» Disse Marijoah, a servente pessoal da pequena criança. Hizumy Mizushiro era filho de um dos nobres mais influentes do reino, logo, além das aulas de esgrima, etiqueta, matemática e socialismo e da rigorosa educação que recebia por parte dos progenitores, também tinha as mordomias de um pequeno bilionário, e, ter uma empregada pessoal era uma delas. Contrariamente aos seus irmãos mais velhos que viam as serventes como bonecas para serem manipuladas ao seu breu desejo, o garoto via Marijoah como uma irmão, uma professora, afinal, fora ela que despertara-lhe o dom para a cozinha.
 
  Vestido a rigor: um pequeno calção - todo ele em seda - que sequer chegava aos joelhos, um pequeno colete albino de extremidades negras e várias jóias - um colar e cinto em ouro polido; pulseiras em ambas as mãos de bronze, revestidas em ouro. Caminhou pelos corredores em direcção ao salão principal, onde receberia ao anoitecer as tão esperadas visitas. Todavia, ainda faltava muito para o sol pôr-se, e o salão ainda estava a ser decorado. «Hizumy, porque não vais brincar com os teus colegas?» Sugeriu uma mulher alta, bela e tão loira como o rapaz. Com um sorriso tímido o jovem respondeu alegremente «Sim, mamã!».
     Descalço, como o habitual, com um galho seco, que sabe-se lá aonde foi arranjar, na mão ia cantarolando junto de mais três garotos que, tal como ele, seguiam um outro, moreno e alto, o líder do grupo. Não muito longe dali, no porto da cidade, piratas preparavam-se para desembarcar, assim como outros para partir rumo ao mar. Apesar de ser aliada do governo mundial, Alabasta é muito visitada por piratas e saqueadores. « Muito bem, juntem-se todos aqui!» Ordenava baixinho o líder do grupo infantil. Escondidos por de trás de um barril, as cinco crianças se reuniam. « Hizy-chan, hoje é o teu aniversário! Como tal, temos um desafio para ti!» Orgulhoso por receber um desafio do líder o loiro corou e sorriu « Qual é o desafio, Boss?». « É muito simples, estás a ver aquele navio ali?» Apontou para o navio pirata que se preparava para partir. «Sim!» Disse, acenando em concordância com a cabeça para reforçar a sua afirmação. « Ontem, eu e os demais deixámos lá um toalha com o brasão da minha família, tudo que tens que fazer é lá entrar e recuperá-lo!» Em uníssono, os três jovens que os observavam uivaram em tom de desafio. Apesar de estar com um pouco de receio, os pais sempre lhe disseram para não se aproximar daqueles navio sozinho, sem um adulto, não podia deixar que zoassem dele assim.                    

Cerrando os punhos, tomando coragem, correu em direcção ao navio, sempre sem ser visto. « Ele vai conseguir!» Disse um dos jovens! « Claro que sim, não se esqueçam que aquele não é um navio pirata de verdade!» Afirmou o líder. Porém, algo não estava bem,e só o mais novo dos jovens reparou. « Boss... aquele não é o navio pirata falso que a gente encomendou... aquele é um verdadeiro navio pirata!» De repente, todos estavam nervosos e com os olhos mais esbugalhados que peixes mortos.  Apressados, os quatro correram para a plataforma de madeira, gritavam e acenavam para o garoto, este, que de dentro do navio, também os acenava em sorriso, sem perceber o que diziam. « Ei! Tu, moleque!» Disse um homem bronzeado e musculado. « O que fazes aqui?» Nervoso, sem saber o que fazer, tentou mentir ao homem, porém, Hizumy era um mau mentiroso, sempre que mentia fazia um biquinho com o lábio e não conseguia olhar para os olhos das pessoas «Érh... e-eu vim ver con.. como é o nabio por dento.. » Era óbvio que mentia. Aquele homem sabia muito bem o que fazer, se aquela fosse uma situação normal, se Hizumy fosse uma criança normal, mas esse não era o caso. O rapaz tinha roupas em seda e joalharia em ouro por todo o corpo. Só tinha uma coisa a se fazer numa situação daquela. Pegar no pirralho, amarrá-lo e prendê-lo no porão enquanto se afastam daquela ilha. Ganhando assim, roupas e jóias para venderem no mercado e um escravo para fazer as limpezas do barco.  O barco afastava-se sem dar sinais de voltar. Desesperados, os jovens correram a avisar os pais do garoto, porém, estes, quando embarcaram num navio da marinha para resgatar o garoto, bem, já este se encontrava inatingível.
   
  Amarrado, por grossas cordas, no tronco. Encontrava-se fechado num pequeno compartimento, esquecido no escuro. « Não vou chorar! Nã vo chorar! » Dizia-se já com os olhos ensopados. De repente abriu-se a porta, deixando uma brecha de luz entrar para o pequeno quarto. « Com que então este é o garoto?» Perguntou uma voz rouca e autoritária que, obteve um grunhido afirmativo como resposta. Assim que seus olhos voltaram a habituar-se à luz, o pequeno nobre pôde ver a cara daquele homem. Era ela toda enrugada, com um enorme bigode amarelo. Tinha uma perna de pau e os cabelos amarelos em trança. « Soltem-no e dêem-lhe um prato de sopa!» Não podia perceber o que acontecera, mas o menino não era o único que não percebia. Também o homem que o raptara, moreno e musculoso, agora com a cara toda roxa e com altos, não compreendia o que sucedera. Anos mais tarde, Hizumy viria a descobrir que Zeff não era um pirata que tira criancinhas de seus papás. Por agora, o garoto estava sentado à mesa do gabinete do pirata. Comendo o único prato de sopa que viria a receber de graça naquele barco. « Sabes fazer alguma coisa pirralho?» Perguntou-lhe Zeff, o olhando de canto, por cima dos ombros. « ... A...» Pronunciou-se, calando-se rapidamente com algum receio de ser castigado se falasse algo que não agradasse o homem. « A marijoah disse-me uma vez que era bom na cozinha...» ganhou coragem para falar. «Humm... Vamos ver se isso é verdade!» Zeff, céptico quanto às capacidades da criança, levou-a para a cozinha, onde esperou que fizesse uma sopa semelhante àquela que tinha devorado em segundos. Ainda tinha o sabor delicioso nos lábios. « Coentro.. um pouco de salsa e uma pitada de sal... Ah, também tinha um gostinho de pimenta!» Falava com sua voz aguda de criança enquanto, com o a vontade que não se era de esperar de quem estava raptado, misturava os ingredientes e remexia com uma colher de sopa. «Pronto!» Disse sorridente. Houve por um segundo algumas gargalhadas por parte dos tripulantes. Achavam eles que era impossível uma criancinha preparar uma sopa com o mesmo gosta que tinha a sopa especial de Zeff. « Deixe-me provar!» Disse o capitão tomando a colher da mão do rapaz e mergulhando-a na panela. Inspirou fundo, levando o aroma da sopa directamente para dentro de suas narinas peludas. Levou a colher a boca e provou-a. « Deve estar bastante ruim!» - « Não vá morrer envenenado Zeff-sama!» Zoaram alguns marujos. Nervoso e com receio das bocas serem verdade e de sua sopa realmente estar muito ruim, cabisbaixo, agarrou bem forte uma pequena toalha de cozinha que tinha em mãos. « Ei, garoto... » Chamou-o Zeff, fazendo-o olhá-lo nos olhos. « Esta sopa realmente está boa!» Corado, o garoto largou um sorrio enorme, de uma orelha a outra e, sem se controlar, saltou para cima do pirata o abraçando. Os marujos estavam incrédulos e queriam comprovar a veracidade das palavras de Zeff. Ao mergulhar a colher na boca, aperceberam-se que a sopa estava horrível, mas se o capitão dissera que estava boa, bem, era porque se tinha afeiçoado ao garoto.
 
    Alguns anos foram se passando e sob os cuidados de Zeff e da sua tripulação, que era agora sua família, Hizumy já cozinhava um prato normal e já diferenciava alguns sabores. Tudo parecia estar a correr bem, não fosse as saudades pela sua família. Sabia que a tripulação não podia voltar a Grand Line ou seria ela inteira presa pelo seu rapto. Mas, como já tinha explicado a Zeff, ia aproveitar que já tinha treze anos e alguma experiência em navegar e, ficaria em Ohara Island, o local onde o navio desembarcara.



Personalidade: Moldado por inúmeras aventuras, Hizumy foi um garoto que cresceu praticamente em pleno oceano, sempre a navegar, porém, na base da sua personalidade ainda está a dura e restrita educação de um nobre palaciano de Alabasta. Bem educado,inocente e sincero, sendo incapaz de mentir, ou melhor, não sabendo mentir, é muitas vezes manipulado, caindo na conversar de qualquer bajulador. Foram muitas as vezes que quase ia morrendo por ser muito inocente, a morte só não lhe sucedeu, pois, tinha companheiros que o salvassem. Além disso, tem um coração muito mole, sentindo pena de qualquer pessoa ou coisa que se encontre em estado lastimável, principalmente se se encontrar com fome. A sua inocência, relacionada com o seu coração mole, faz com que não pense em ninguém como um objecto de desejo, nem mesmo mulheres com seios e formas avantajadas o poderiam ludibriar ou seduzir. Adora aventuras, pois sente-se livre ao fazê-las, uma sensação que só chegara a experimentar fora das paredes do palácio. Gosta de cozinhar para os pobres, mas odeia ver comida desperdiçada. Seu sonho é voltar à Alabasta e reencontrar com sua família e amigos. (Vantagens: Assexuado; Dom - Cozinha); (Desvantagens: Inocência, Veracidade, Coração Mole.)


Aparência: Pequeno, comparado com os piratas desse mar que são todos velhos, tem apenas treze anos. Loiro, de cabelo dourado como o ouro e olhos vermelhos, como o próprio rubi de sangue. Contraditoriamente aos povos desérticos, sua pele é ligeiramente morena,mas não muito, tornando-se uma mistura ideal entre o branco e o moreno. Tem um corpo, apesar da idade, bem constituído, podendo se ver alguns músculos desenvolvidos. Além da aparência palaciana de Alabasta, Hizumy também se veste como um vulgar nobre do reino desértico: vestes toda ela em seda, com uma coloração leve de branco e preto, além de, algumas jóias como o colar da família e as várias pulseiras. Como um jovem de Alabasta, não possui calçado, andando sempre com os pés denudados. Suas vestes são caracterizadas por serem bem frescas. Um pequeno calção albo que sequer chega aos joelhos, um colete sem mangas bem curto, sempre aberto deixando o tronco nu a mostra. Anda sempre descalço, tendo assim, a base dos pés um pouco sujas de poeira. Apesar deste facto, os seus pés, tal como suas mãos e o próprio garoto em si, se revelam bastantes frágeis e delicados.


Atributos Secundários

Pv: 27
Ps: 8

Dano/Ataque: 5
Defesa/Bloqueio: 2
Esquiva/Evasão: 8
Acerto/Mira: 5
Manipular/Enganar: 2 (+3 Raça)
Raciocínio/Mentalizar: 2 (+3 Raça)
Aparência: 3 (+3 Raça)
Disfarce: 3
Concentração: 3

Atributos Primários

Você tem 15 pontos para distribuir.

(For)-Força: 1
(Dex)-Destreza: 1
(Agi)-Agilidade: 2
(Vgr)-Vigor: 1
(Con)-Constituição: 2
(Per)-Percepção: 0
(Int)-Inteligência: 1
(Esp)-Espírito: 1
(Sor)-Sorte: 2
(Log)-Lógica: 0
(Pes)-Persuadir: 0
(Car)-Carisma: 2
(Frv)-Força de Vontade: 2

Profissão


Nome da Profissão: Cozinheiro
Nível: Inexperiente.
Pontos: 00 pts.

Nome da Profissão:
Nível: Inexperiente.
Pontos: 00 pts.

Perícias da Profissão


Chef:
Descrição: Tem um nível de gastronomia muito alto, entende de praticamente tudo, desde como preparar um simples prato, ao mais sofisticado.
Nutricionista:
Descrição:Consegue preparar pratos e receitas que ajudam na recuperação física.
Pericia:
Descrição:

Estilo de Combate

♦ Tipo: Gatuno
Level: 1
Xp: 000
Bônus: N/A

♦ Tipo:
Level:
Xp: 000
Bônus:

Akuma no Mi

Nome:
Tipo:
O que faz:

Haki

Kenbunshoku Haki (Cor da Observação)

Level:
Xp:
Bônus:

Busōshoku Haki (Cor do Armamento)

Level:
Xp:
Bônus:

Técnicas/Golpes/Poderes







Inventário


Espaço para itens

Espaço Total: 50 Espaços
Espaço Ocupado: 0 Espaços
Itens e Etc:

Nome do Item
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item

Equipamentos & Armas

Equipamentos:

Cabeça: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Pescoço: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Tronco: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Tronco: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Pernas: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Pés: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Mãos: Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Preço: 0 Ryous
Bônus: Bônus do Item
Peso: Peso do Item


Armas:

Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Bônus & Requisitos: Bônus e Requisitos do Equipamento


Nome do Equipamento
Descrição: Descrição do Equipamento
Bônus & Requisitos: Bônus e Requisitos do Equipamento

Ver perfil do usuário http://somosmugiwara.forumeiros.com/
Finalizado em Sab 11 Jan 2014 - 23:24 2

Kenway

avatar
Membro Fundador
[alerta]Ficha Negada

* Ajuste a imagem do seu personagem
* Escolha apenas uma profissão[/alerta]

Ver perfil do usuário http://www.somosmugiwara.com http://www.somosmugiwara.com/
Finalizado em Dom 12 Jan 2014 - 9:25 3

Hizumy

avatar
Membro Nível 0
Tudo Okay! And Now? xD

Ver perfil do usuário http://somosmugiwara.forumeiros.com/
Finalizado em Dom 12 Jan 2014 - 10:19 4

Kenway

avatar
Membro Fundador
[alerta]Ficha Negada

* Você apenas distribuiu 14 pontos, ou seja, ainda falta 1 pontos para distribuir.
* Organize mais a História, está cansativo de ler, pois você não deixou espaços e parágrafos, ajuste e coloque dentro de um spoiler.[/alerta]

Ver perfil do usuário http://www.somosmugiwara.com http://www.somosmugiwara.com/
Finalizado em Dom 12 Jan 2014 - 12:08 5

Hizumy

avatar
Membro Nível 0
Pronto, está melhor assim, ou quer que eu faça um resumo da história? xD Ou prefere que eu corte em alguns pontos? xD Acho que agora os pontos estão bem distribuídos ^^

Ver perfil do usuário http://somosmugiwara.forumeiros.com/
Finalizado em Dom 12 Jan 2014 - 20:33 6

Kenway

avatar
Membro Fundador
[sucesso]Ficha Aceita

* Link da sua Ficha Aceita
* Agora terá que disputar uma luta obrigatória no Coliseum para aprender nosso sistema de combate.
* http://somosmugiwara.forumeiros.com/f39-coliseum-battle
* Seja bem vindo ao Somos Mugiwara Rpg.[/sucesso]
[aviso]* Aviso Importante

* Tópico Bloqueado & Movido para Fichas Avaliadas & Abandonadas.[/aviso]

Ver perfil do usuário http://www.somosmugiwara.com http://www.somosmugiwara.com/

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Compartilhe este Tópico!

Url Direta
BBcode
HTML
  • criar um fórum | © PunBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Criar um fórum